terça-feira, 23 de agosto de 2011

Trancoso - Hospedagem na Capim Santo.

Após muitas pesquisas e sugestões pelo Twitter, escolhemos a Pousada Capim Santo para nossa hospedagem no Carnaval deste ano em Trancoso, no sul da Bahia. A pousada Capim Santo é famosa pelos seus restaurantes, um em Trancoso anexo à pousada, e outro em São Paulo, além disso, pela grande hospitalidade e excelência de sua cozinha. A quantidade de sugestões para nos hospedarmos na Pousada Capim Santo foi grande, e não nos decepcionou. Aonde ficar em Trancoso?

Sua localização fica a poucos metros do Quadrado, o centro do agito em Trancoso, onde estão os restaurantes, bares, lojas e a famosa Igrejinha. A praia do Nativos, a mais próxima da pousada fica a somente 15 minutos caminhando, fácil de chegar. Como não fica encravada no Quadrado, para muitos é uma vantagem, pois alguns bares e restaurantes podem fazer barulho até a madrugada o que pode atrapalhar seu sono.

A natureza da pousada é fabulosa, repleta de flores, com destaque a muitos Hibisco, trepadeiras e arvores que emolduram a paisagem.






Outro atrativo é o especialíssimo café da manhã. Sem dúvidas um dos mais fartos e saborosos de minha vida, inúmeros bolos e tortas, sucos, frutas, além dos quitutes nordestinos como tapioca, cuscuz com leite condensado e muitas outras delícias. Tudo muito caprichado e saboroso.
Outro plus são as tapiocas e omeletes feitinhas na hora, por funcionárias extremamente atenciosas. Acordar com esta maravilha é bom demais! O suco de abacaxi com capim santo batido é outra especialidade da casa, simplesmente "dos deuses"!

A piscina e o Bar da piscina, são super indicados para um relax, drinks e para o aperitivo do fim da tarde. Trancoso é muito quente e a água da piscina estava sempre morninha, excelente para o mergulho ao anoitecer depois de um dia de praia.

Os aperitivos e as famosas Caipirinhas, condizem com a fama. Sugiro a Caipira da casa, a de Capim Santo, fabulosa.





Ficamos acomodados no Apartamento Especial, que fica num anexo a pouquíssimos metros da parte principal da pousada, sem incômodo algum por esta localização.
A estrutura do quarto é excelente, com ar condicionado, ventilador, televisão de LCD e DVD, frigobar, um quarto bastante amplo e completo. A cama era excelente e possuía este mosquiteiro, que não usamos nenhum dia, mas que ficava com cara de dorssel, como uma cama da realeza do século passado. Um detalhe importante era a rede da sacada, na Bahia uma rede é detalhe imprescindível.

A pousada localiza-se dentro de uma mata, com muita natureza, o habitat perfeito para os insetos, que de certa forma são charme do local. Repelente e veneno para mosquitos sempre! Fica a dica!

O banheiro era bom, casa de banho ampla e chuveiro forte, sem mais nem menos.








Ponto alto era a sacada com uma rede e aí está a vista fabulosa da natureza e da praia. Muito animador acordar com este rico visual.

Para reservas e mais informações visite o site da Capim Santo:

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Minha Fotografia Finalista do #Instafood



Uma fotografia minha (@GusBelli) é Finalista do Concurso de fotos via Instagram (aplicativo do IPhone), o assunto era Temperos.
Votem nela na página do Zena Café no Facebook http://t.co/4mPUE6n

VOTAÇÃO ENCERRADA, OBRIGADO A TODOS QUE NOS APOIARAM

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Beira Mar Norte o Central Park de Floripa

Não fiquei louco, mas Central por que é o Parque do Centro de Florianópolis. São poucas coisas em comum com o famoso Central Park em Nova York, lembra mais a Lagoa Rodrigo de Freitas do Rio de Janeiro.

Em Florianópolis é comum ouvir a reclamação da ausência ou falta de parques e opções de lazer ao ar livre na cidade, em partes podemos concordar, mas quando a natureza nos privilegia com 42 praias, não é preciso muitos parques. Outro ponto é que na região central da cidade temos um parque sim, com mais de 10Km de pistas para caminhada e ciclofaixa. Que começa embaixo das pontes, bem na entrada da cidade e vai até o Campus da Universidade Federal (UFSC). Cercado por uma natureza exuberante da baia norte, que na maioria dos dias está com o mar liso sem nenhuma onda, excessão feita aos dias de vento Nordeste.
A prática esportiva na Beira Mar Norte é freqüente, desde a turma da caminha, equipes de corrida e os de bicicleta. Muito comum ver nas faixas da pessoas e equipes de treino do Triatlon. Grande falha é a poluição das águas, que não permite nadar nas águas calmas da Baia.

A estrutura da Beira Mar vem melhorando, após a reformulação deste ano, com novos bancos e pontos para parada. Hoje existe condições para fazer um piquenique instalaram várias mesas, mas pode estender uma tolha na grama e aproveitar o visual. Deixo a crítica ausência de banheiros públicos, ao longo da ciclovia, existindo somente nos bares.
Na Beira Mar Norte, hoje estão alguns dos melhores hotéis da cidade como o Hotel Majestic e o Sofitel da rede Accor. O Hotel Majestic é um obra que se destaca pela beleza de sua arquitetura.
Apesar da poluição das águas, a pesca é muito praticada, e quando se está caminhando ou pedalando pela Beira Mar, apreciasse os pescadores, com seus barcos e redes.
A natureza é muito bela na região, e a presença de muitas aves é uma constante. Os biguas sempre estão dando rasantes para pescar, não raro ver uma com peixe no bico.
Não é muito dos esportes, a Beira Mar é uma ótima pedida para um cerveja e um dos belos Pôr do Sol na cidade e no Koxixo's, uma das paradas com bar na avenida.
O trapiche é outro ponto de parada legal, muito bom para apreciar o espetáculo à Beira Mar, aqui saem as escunas para passeio pela Baia. Tem um quiosque que vende sucos, cervejas, sorvetes. O local está arrumado com vários sofás, como um lounge e no finais de semana geralmente tem música. No kiosque eles possuem também bicletas para aluguel.
A exagerei um pouco? Sei lá sou apaixonado por esta cidade!!!! E o amor nos deixa cego.

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Roubada em Miami - The Clay Hotel

Em nossa última passagem por Miami nos hospedamos no The Clay Hotel, em South Beach. O hotel fica numa das esquinas da Espanola Way, região charmosa com edificações em Estilo Europeu do início do século passado, localizada em South Beach North entre a 14th Street e a Washington and Pennsylvania Avenues. Se interessou pela Espanola Way acesse o site oficial da região:
www.southbeach-usa.com
The Clay Hotel


The Clay Hotel, foi uma opção econômica, sua diária era na faixa de 100 dólares para hotel com quartos e banheiros individuais. No The Clay existe também a opção de albergue, com banheiro e quarto compartilhados. Pelas avaliações do Trip Advisor, havia reclamações e elogios, sabíamos que não era um luxo, mas não esperávamos algo tão ruim.
Nossa estadia em Miami foi em Fevereiro, mês de Inverno, e a opção não era curtir praia e piscinas. Estávamos lá para compras e curtir os restaurantes da região. Uma opção de hotel simples e bem localizado, para podermos sair à noite, sem termos que usar carro.
Os problemas já começaram na chegada, quando chegamos um hóspede estava reclamando de furto na recepção, sumiu o notebook de seu quarto e em minutos havia polícia e etc, um bela recepção de boas vindas.
Com o check-in feito, subimos "sem elevador" até o terceiro andar. O quarto era simples, ok sabíamos disto, mas estavam imundos, com uma manutenção precária. Ao deitarmos o colchão de nossa cama era como um Half (pista de Skate). Fui obrigado a solicitar a troca do quarto, mas não era possível, estava lotado, então meia hora depois, trocaram o colchão.
O estacionamento não estava incluso na diária, era oferecido à parte, um sistema de Valet Parking, em que guardavam o carro numa garagem a duas quadras do Hotel. Numa das manhã ficamos mais de 30 minutos esperando o carro, até que os funcionários da recepção nos informaram que o pessoal do Valet não iria trabalhar naquela manhã, e nos levou até a garagem para buscar o carro #vergonha.
Outro grande problema a região da Espanola Way é de restaurante, bares e boates, e nosso quarto era voltado para rua, o Dj parecia estar discotecando dentro de nosso quarto, barulho direto, isso que não íamos dormir cedo.
The Clay Hotel uma bela roubada e categoricamente: Fuja!!

Miami não é só Roubada visite os post com dicas: