sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

No Egito fora do Deserto e Longe do Nilo

Tenho um grande interesse pelo Egito desde as aulas no colégio Catarinense, na quinta série, sobre pirâmides e Faraós. Ao visitar os museus Metropolitan em Nova York, o Louvre em Paris e o British Museum em Londres, conheci de perto muitas das maravilhas dos Impérios Egípcios sem ter que ir ao Egito.

A grande polêmica e o que tanto destes tesouros estão fazendo longe do Egito? De vez enquanto se escuta notícias que o povo e o governo do Egito se consideram furtados de seu patrimônio.


Uma das mais famosas relíquias é o Obelisco de Luxor na praça Concorde em Paris, o que está fazendo uma coluna daquele tamanho tão longe do deserto do Saara?
É um questionamento pertinente, porém as vezes se estivessem no Egito muito destes tesouros já poderiam estar derretidos ou destruídos.






Obelisco de Luxor ao Fundo



Metropolitan Museum of Art , em Nova York.


Com certeza um dos mais conceituados museus do mundo, com uma coleção de arte Egípcia enorme, e na minha opinião a mais organizada em sua distribuição.

Impressiona a presença de um templo Egípcio Completo dentro do Museu. Uma grande coleção de esculturas, jóias e preciosidades, numa disposição e organização muito fácil para se visitar e compreender.



Lembro no Metropolitan Museum o valor do ingresso é sugerido, e você pode simplesmente deixar um dólar e entra, esta é uma dica do site Nova York para Mãos de Vaca.
Lateral do Templo
Colunas do Templo

Museu do Louvre ,em Paris.
Talvez o mais famoso dos museus do mundo, com muitas das obras mais famosas e reconhecidas da história das artes.

Dentre as muitas coleções do Louvre, com certeza a parte de relíquias e tesouros do Egito não é das mais destacadas, está num andar térreo e escondida praticamente, mas para quem estiver cansado de telas de realezas e Renascentismo, e procura uma área com menos turistas e barulho, vale a pena conhecer esta coleção de relíquias do Egito.

A origem de muitos destes itens, foram saques durante a invasão do Egito nas guerras Napoleónicas (saiba mais).



Uma Esfinge

The British Museum ,em Londres.

Um dos mais amplos e belo museu que já visitei, com coleções e obras de todas as regiões do mundo, com muita ênfase ao tesouros e relíquias das ex colônias Britânicas e relacionados com a história do Reino Britânicos. Lembrando que por muitos anos o Egito esteve sobre os poderes do Reino Britânico.






Repleto de crianças em uniformes escolares aprendendo história e olhando para ela, realmente fantástico e de dar inveja.










As relíquias do Reino dos Faraós da rainha, também estão entre as mais belas exposições de Arte e Relíquias Egípcias do mundo. A coleção de múmias dos Faraós é ampla e diversa, e entre estas raridades está exposta a múmia da rainha Cleópatra, além de muitos animais de estimação como gatos, pássaros, crocodilos, touros bastante interessantes.

Múmia da Rainha Cleópatra
Múmia de um jovem Touro.


Espero um dia ver o Egito in loco, acredito que a energia e a beleza das Pirâmides devam ser irradiantes. Enquanto isto fiz um aperitivo de Egito.

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

La Mar Cebicheria Sampa



La Mar Chebicheria, no Itaim Bibi (mapa), o restaurante do renomado chef Peruano Gastón Acurio (sobre o chef), que vem abrindo esta rede de restaurantes em vários locais do mundo.
A filial paulista do La Mar é mais um restaurante elegante de Sampa, tudo muito bonito, balcão com peixes e frutos do mar, decoração estilo Peruana, acertaram no bom gosto.
O Cebiche, para quem não conhece são frutos do mar marinados, se come eles ainda crus, somente cozidos pela acidez dos molhos e temperos. A casa não é somente cebiches, apresenta um variado menu de pratos a base de frutos do mar.
Pedimos de entrada o Cebiche Degustação, que veem 4 tipos de cebiches diferentes, todos excelentes, é uma ótima pedida para acompanhar um cerveja.

Cebiche Degustação

Como estávamos somente afim de ficar beliscando pedimos 3 pratos:
- Tiradito, que seria muito semelhante ao cebiche, porém com os peixes em tiras, como um sashimi.
- Plancha La Mar que seria uma chapa quente com camarões e cogumelos, em molho de laranja e Pisco, estava fabuloso.
- Arequipa com camarões e molho arequipeño, uma guarnição de mandioquinha com um camarão empanado.

Os Pratos Principais



Nossa grande decepção a ausência de uma cerveja Peruana, poderia ser qualquer uma mais é um pecado grave a falta delas e da famosa Inka Cola, porém haviam uma variedade enorme de drinks com Pisco, a cachaça de uva dos Peruanos.
Para quem não conhece a gastrônomia Peruana, esta perdendo, pois com certeza será uma das mais comentadas no mundo gastrônomico por sua levessa e sabores.

# Perdão pessoal pelas fotos estavamos em São Paulo, por motivos não turísticos e acabei esquecendo de levar a máquina fotográfica, mais acabamos fazendo umas fotinhos com o celular mesmo para poder dar água na boca.